PT  / EN

É no Douro Superior que se situa o Parque Arqueológico do Vale do Côa, com inúmeros testemunhos da ocupação ancestral desta região, desde a pré-história.
É com a ocupação pelo Império Romano que se inicia o desenvolvimento da cultura da vinha na nossa Região.
Em 1756, o Marquês de Pombal definiu e regulamentou o Alto Douro Vinhateiro, uma iniciativa pioneira que colocou a nossa região na vanguarda das regiões e denominações vinícolas contemporâneas, que ainda hoje inspira a organização de novas regiões vinícolas em todo o mundo.
A paisagem original era dominada por colossais escarpas sobre o rio Douro, e para a cultura da vinha o labor do homem transformou em socalcos edificados ao sabor das curvas de nível das encostas, suportados por extensos muros de xisto. Tudo isto fez o Alto Douro Vinhateiro ser reconhecido como Património da Humanidade.

RUI ROBOREDO MADEIRA

“Na minha adega de São João da Pesqueira nasce este vinho a partir de uma selecção de uvas das melhores vinhas do Douro Superior. Castello d’Alba foi o primeiro vinho que lancei - no ano 2000 – e desde sempre quis que reflectisse as minhas vivências e a minha visão sobre um novo Douro, combinando enologia de vanguarda com as castas autóctones, criando um estilo próprio, moderno e inovador. Castello d’Alba nasceu da nova vaga que veio transformar para sempre a nossa região - pelo menos como a conheciamos. Hoje é uma das marcas de referência do Douro, estando presente nos melhores restaurantes e hoteis.”

ver vinhos →

“Em 2007 recuperei a Quinta da Pedra Escrita - Freixo de Numão - na minha família há mais de 8 gerações.
A uma altitude média de 575 metros, os solos secos e áridos são predominantemente graníticos, arenosos e muito pobres em nutrientes.
Foi aqui que quis fazer os vinhos com que sempre sonhei, por acreditar que os solos de granito em altitude do Douro dão origem a vinhos de aromas com extrema complexidade e de grande longevidade como outrora.
Os vinhos desta Quinta cativam-nos pela sua grande frescura, persistência e longevidade.
Estes vinhos são também, um tributo a todos aqueles que me moldaram naquilo que sou e que sempre me inspiraram.” 

ver vinhos →

O CARÁCTER GASTRONÓMICO DO DOURO

O CARÁCTER GASTRONÓMICO DO DOURO

“A Quinta da Cassa é sem dúvida uma propriedade de eleição: está situada no coração do Douro Superior, na margem esquerda do Douro, por entre vinhas de letra “A”, onde nascem os melhores Vinho do Porto “Vintage”.

Com uma altitude média de 150 metros, nos solos de xisto sobranceiros ao Rio foram plantadas as vinhas em patamares, com exposição predominante Norte / Poente, onde estão plantadas as melhores castas do Douro, como são a Tinta Roriz, Touriga Franca ou Touriga Nacional.
Os vinhos da Quinta da Cassa encantam-nos pelo seu carácter e pureza aromática.
Desde sempre, estes vinhos destacaram-se a sua vocação gastronómica, ganhando raízes à mesa, casando bem com a nossa rica cozinha tradicional portuguesa de inspiração mediterrânica.” 

 ver vinhos →

O 'NOVO MUNDO' DO 'VELHO MUNDO'

“A Quinta de Fafide está situada nos arredores de São João da Pesqueira, sobre o Rio Torto, com solo de xisto a uma altitude média de 550 metros.
Foi aqui um dos primeiros lugares que encontrei onde seria possível concretizar o sonho de produzir vinhos no Douro com o potencial de rivalizar com os melhores vinhos do mundo.
Com um estilo moderno, desde sempre, Fafide cativou pela diferença, reflectindo bem a riqueza do ‘terroir’ duriense, pois nesta Quinta as uvas atingem a maturação sem quaisquer fontes de ‘stress’, quer hídrico, quer térmico, obtendo-se vinhos com um equilíbrio invulgar entre concentração e elegância.
Rapidamente começaram a conquistar a preferência dos apreciadores mais exigentes, tendo sido destacado pela imprensa da especialidade, tais como: Decanter, Wallpaper e Daily Telegraph.” 

ver vinhos →

VINHOS BIOLÓGICOS PREMIUM

VINHOS BIOLÓGICOS PREMIUM

“Situada em pleno Parque Arqueológico do Vale do Côa – reconhecido como Patrímónio da Humanidade pela sua arte rupestre - a Quinta do Côa é uma das propriedades da CARM - Casa Agrícola Roboredo Madeira.
Os vinhos e azeites desta quinta são produzidos a partir de uvas e azeitonas cultivadas em modo de produção biológico, estritamente a partir de variedades autóctones da região.
Um micro-clima que combina altas temperaturas e baixa precipitação, em conjunto com os solos de xisto pobres em nutrientes, faz com que os vinhos da Quinta do Côa se destaquem por uma pureza aromática só possível no Douro Superior.” 

ver vinhos →